Nova Canção do Exílio

Sabiá laranjeira no Parque Ibirapuera. Foto: Roberto Carvalho de Magalhães.

Minha terra tem Palmeiras

e tem Corinthians também!

Lá canta o Sabiá, o Bem-te-vi e até Pica Pau já vi!

As coisas que aqui me encantam,

não me encantam como lá!

Nosso céu nem têm estrelas, mas a cidade toda reluz!

Nossas praças têm mais flores e nosso Jardim é da Luz!

Nossos parques têm mais vida, têm mais cor e mais sorrisos.

Nossa vida tem muito, mas muito mais amores!

Em cismar, sozinho, na gelada noite.

Mais prazer eu encontro lá,

mesmo numa barulheira danada!

Minha terra tem Palmeiras, tem São Paulo e tem Juventus!

Minha terra tem padocas, tem botecos e arraiás.

Que, por mais que procure, jamais encontro eu cá!

Em cismar, sozinho, na gelada noite.

Mais prazer eu encontro lá!

Sempre lá!

Minha terra tem Palmeiras – Barra Funda, Paraíso e Liberdade!

Não permita Deus que eu morra, não, please!

Sem que eu volte para lá, pra minha São Paulo querida.

Sem que desfrute as delícias da minha Bella Paulista!

E de todas as outras coisas que jamais encontrei eu cá!

Sem qu’inda aviste as Palmeiras, as Paineiras e o Tietê!

Onde, no meu amado Ibirapuera, ainda canta o Sabiá.

 

Adriana Mani, com a “colaboração” de Gonçalves Dias.

Posts relacionados

A beleza dos parques de São Paulo

Cemitério ou parque? Os dois!

Aquário no Ibirapuera? Nunca se ouviu ideia mais tola…